FOTO DA SEMANA

CHEVROLET ÔMEGA CD

16559175 1055134697966424 1066921142 n

Parabéns ao proprietário pelo belo Ômega.

BOA SEMANA A TODOS!!!

27

03 2017

PLACA AMARELA

placa 20velha

25

03 2017

CONVITE ENCONTRO DE AUTOS ANTIGOS

jacarei 2 de abril 17

Acontecerá no dia 02 de abril de 2017, na cidade de Jacareí – SP,  o  XVI Encontro de Veículos Antigos de Jacareí.

PARTICIPEM!!!

23

03 2017

O AUTO E VOCÊ

BLOG GARAGEM DO MÁRDEL PERGUNTA

AO AMIGO

Nome: Fernando Pavani

Idade: 25 anos

Naturalidade: Brasileiro

Onde Reside: Pelotas-RS

Profissão: Comerciante

untitled 27

1- BGM – Qual é o seu carro antigo preferido?

Sem dúvidas, a linha Chevrolet Opala. É um modelo que fez parte da minha vida, mas também de tantos outros brasileiros. Também tinha uma gama de versões que iam do popular ao luxuoso, passando pelo esportivo. Fora todas as virtudes (e máculas) que já são conhecidas.

2- BGM – Quando criança, qual era sua relação com o carro?

Sempre foi uma relação muito próxima, íntima até. Aprendi a ler com menos de 4 anos de idade, em virtude das revistas automotivas. Sempre preferi miniaturas à bonecos de ação. Reconhecia todos os modelos de automóveis, bem como algumas características como siglas das versões ou cilindradas.

3- BGM - Qual carro mais marcou sua infância, adolescência e juventude?

O Opala sempre foi um carro que fez parte da minha história, mas só se tornou o preferido quando meu pai adquiriu um, quando eu tinha uns 4 anos de idade. Até então, meu pai havia tido dois Voyage, e esse era meu carro preferido.

No entanto, logo em seguida o Opala passou a fazer parte da minha vida. Quando a internet chegou lá em casa, em 2000, isso se tornou ainda mais evidente, pois podia colecionar fotos sem nenhum custo. E logo passei a movimentar campanhas pra que o carro da família fosse um Diplomata, o que só ocorreu mais tarde.

4- BGM – Com que idade aprendeu a dirigir, qual carro e de quem era?

Aos 9 anos de idade, meu avô confiou o volante de sua Omega Suprema pra que eu ensaiasse os primeiros passos. Foi ele quem me iniciou no mundo antigomobilista, onde o acompanhava em alguns encontros pequenos locais e ouvia suas histórias repletas de saudosismo.

Com 10 anos de idade, tive algumas lições mais completas ao volante de um Corsa Sedan, também sob a supervisão dele.

Embora meu pai sempre tenha sido um incentivador e parceiro pro mundo dos automóveis, as primeiras lições ao volante ficaram a cargo do meu avô. Se hoje dirijo bem, credito isso à ele. Se dirijo mal, credito ao CFC.

5- BGM – Qual foi seu primeiro carro, que idade tinha? Fale um pouco dele.

Foi um Diplomata SE 1988, com motor 250-S de fábrica, na cor bege Arpoador com interior monocromático marrom. Esse carro chegou na família quando eu tinha 16 anos de idade, e quando aprovado na prova da habilitação, meu pai entregou as chaves dele.

Na ocasião, era o carro da família, mas passou a ser o meu carro. E logo ele foi pra restauração, onde ficou por um bom tempo, deixando toda família a pé.

6- BGM – Conte algum fato a bordo de um carro que marcou sua vida.

Junto com esse Opala, vivi muitas histórias politicamente incorretas. Mas me recordo de um dia onde ignorei um princípio de superaquecimento pra evitar ser ultrapassado por uma Marea Weekend.

No posto, enquanto um mecânico fazia um conserto provisório, pra que eu pudesse retornar pra casa, um amigo foi me socorrer com um Marea Sedan. Sabendo da história, com o Opala funcionando, resolvemos tirar a prova. Foi a vez de quebrar a caixa do Opala, um dente da engrenagem da segunda marcha.

7- BGM – Que carro atual de uso diário você tem e o que acha dele?

Uso um Hyundai Azera V6 da família. O grande problema desse carro é encontrar um substituto: não vejo nenhuma alternativa com o mesmo nível de conforto, confiabilidade, desempenho e liquidez sem que precise investir 2 vezes ou 2 vezes e meia o valor dele.

8- BGM – Como vê o movimento do Antigomobilismo no Brasil?

Enxergo como um movimento amplo e abrangente, mas bastante segmentado. Como em qualquer ramo, há conflitos de interesses, mas que no caso em pauta, não se sobrepõe ao motivo maior, que é o automóvel antigo.

O antigomobilismo, de forma indireta, movimenta a economia e gera muitos empregos. Isso exige uma especialização cada vez maior dos profissionais. Pela união dos antigomobilistas, maus-profissionais ou golpistas, de forma geral, tem vida curta no ramo. Isso é sempre admirável.

9- BGM – Participa de algum clube de veiculo antigo? Fale um pouco dele.

Em 2005 fui convidado a participar do Veteran Car Club de Rio Grande-RS, cidade vizinha a que moro. É um clube que hoje está discreto, embora o cenário antigomobilista em Rio Grande seja bem movimentado.

Em 2008, junto com um amigo, idealizamos a Confraria do Opala, onde realizamos alguns encontros pra comemorar os 40 anos do Opala- o que, modestamente, fizemos com maestria.

Desde essa época, participo regularmente dos eventos da AVASUL, que promove eventos mensais em Pelotas e prestigia vários outros encontros pela região, proporcionando um ambiente familiar e muito interessante.

Depois, meu envolvimento com os bastidores dos clubes retornou em 2015, com a fundação do SinPic-RS, um grupo de amigos que participou das mais diversas fases do antigomobilismo aqui no estado. Cada qual de uma localidade distinta, nossas reuniões ocorrem sempre com um churrasco feito nos encontros tradicionais do Rio Grande do Sul (Expoclassic, Quinta Clássica, São Marcos).

10- BGM – Deixe uma mensagem aos amigos antigomobilistas e leitores deste Blog!

O antigomobilismo é um dos poucos movimentos que conheço capaz de prover união e quebrar distâncias ao se fazer novos amigos.

Nesse sentido, digo que o blog Garagem do Márdel reflete com fidedigna precisão o espírito antigomobilista- muito pelo carisma de seu autor, é verdade.

Agradeço o convite para participação dessa entrevista, pelo qual fiquei verdadeiramente lisonjeado.

Um forte abraço a todos!

ABAIXO FOTOS DOS CARROS DO FERNANDO

1 27

6 27

3 35

4 30

5 28

2 29

21

03 2017

FOTO DA SEMANA

CHEVROLET MONZA SR

monza

Parabéns ao proprietário pelo belo Monza.

BOA SEMANA A TODOS!!!

20

03 2017

FBVA – FEDERAÇÃO BRASILEIRA VEÍCULOS ANTIGOS

10580082 708023279234831 3307359481454675140 n 23

16830956 1881062685502893 9035473839332280544 n

O Presidente da FBVA, Roberto Suga e o Vice-Presidente Altair Manoel estiveram no DETRAN-SC e reuniram-se com a Dra. Alina Zimmermann Largura para um intercâmbio de informações e de apoio técnico nos licenciamentos dos veículos de coleção, na oportunidade, também fizeram a entrega dos selos comemorativos da FBVA.

17

03 2017

ESPAÇO HENRIQUE MORAES – TERESÓPOLIS – RJ

FAC/FCC/SPEED UNLIMITED 2017. ESPETACULAR!

1 26

Aconteceu em Curitiba mais uma edição deste magnífico e famoso evento, desta vez a de número nove. Concebido pelo nosso amigo Fernando Almeida, tendo sua primeira edição em 2009, apenas como FAC, iniciais de Fernando Almeida Collection. Hoje, conta com mais dois colaboradores, Fábio Costa e Roderjan Busato, que batizam como Fábio Costa Collection e Speed Unlimited, este último proprietário de uma equipe profissional de arrancadas. Um evento apenas para convidados escolhidos, vindos de toda parte do Brasil. Segundo Fernando, “um evento para amigos, onde nem mesmo o amigo do amigo será bem vindo. Precisamos ter um ambiente familiar e amistoso.”

Fernando Almeida é um grande apaixonado pela marca Volkswagen, especialmente os denominados quadrados, fabricados no final da década de 80, início da década de 90. Conhecido nacionalmente por ser proprietário de uma grande coleção de Gol GTI, impecáveis sobe todos os aspectos. Considerado hoje, o maior promotor de evento particular do Brasil, pois neste ano estiveram presentes aproximadamente 700 pessoas uniformizadas e cadastradas. Segundo informações dos organizadores há uma preocupação muito grande com este crescimento, pois a concepção é para um evento mais intimista, onde todos deverão receber sempre as devidas e merecidas atenções. Coisa de anfitriões!

14 4

8 15

3 34

Embora esta edição tenha sido a maior de todas, em número de presentes, considero que tenha sido uma das melhores, pois a organização se supera a cada ano. Grandes carros, boa comida e bebida, local maravilhoso, organização, limpeza, tudo impecável. Tudo pensado e feito para a excelência do evento. Desta vez uma presença maior das famílias, inclusive ressaltando a preocupação com as crianças, recebidas com a montagem de piscina e brinquedos afins.

4 29

12 10

Como todo encontro de carros antigos, embora sem a chancela de qualquer clube de carros, une-se o homem com as máquinas, perfazendo uma combinação magnífica. Vale ressaltar que a mostra de carros não se restringe apenas aos antigos, pois a coleção dos anfitriões é bastante sortida de carros atuais e impecáveis também. Aliás, debutaram neste ano alguns exemplares maravilhosos, modelos que chamamos de “Naves”, pois realmente são. Ferrari, Lamborghini, Porsche, Camaro, Audi, enfim, um plantel respeitável e admirável. Dentre os mais antigos, destaque para a linha Volkswagen, representada pelos modelos GT e GTI do Gol, EX e GlS do Santana, GTI do Golf, TS e GTS Pointer do Passat, GLS, Los Angeles e Sport do Voyage, dentre outros. Uma infinidade de Opalas, Maverick, Dodge Charger RT, Escort XR3, Kadett GSI, enfim, tantos outros antigos e clássicos automóveis que fizeram e fazem parte da vida do brasileiro. Como sobremesa a exposição de alguns exemplares de carros de arrancada. Infelizmente, não tenho conhecimento para dissertar sobre tal assunto, mas de certo que além de extremamente potentes, os “nervosos”, são impecáveis, parecendo brinquedos sem uso. Carros com investimentos altíssimos, pilotados por dois dos anfitriões. Um mundo a ser explorado e melhor entendido. Prometo fazer uma matéria apenas sobre este assunto, mais para frente.

17 2

18 3

19 3

20 1

Que venha a 10ª edição em 2018, certamente mais um momento inesquecível, de altíssimo nível, unindo amigos através dos carros especiais. Participar deste evento é motivo de orgulho, uma experiência única para os amantes dos carros. Um privilégio para poucos, embora seja marcante no calendário nacional.

Parabéns Fernando, Fábio e Roderjan! Uma grife denominada FAC/FCC/SPEED UNLIMITED.

Salve “Piá”, salve Curitiba!

SAUDAÇÕES A TODOS!

HENRIQUE MORAES

2 28

5 27

6 26

7 21

10 12

9 13

11 14

16 3


13

03 2017

FOTO DA SEMANA

VOLKSWAGEN PARATI

Vw Volkswagen Parati R 20140301085128

Parabéns ao proprietário pela bela Parati.

BOA SEMANA A TODOS!!!

12

03 2017

CONVITE ENCONTRO DE AUTOS ANTIGOS

26 mar  o 17

Acontecerá no dia 26 de março de 2017, na cidade de Cristiano Otoni – MG ,  o 3º Encontro de Carros Antigos de Cristiano Otoni.

PARTICIPEM!!!

10

03 2017

FBVA – FEDERAÇÃO BRASILEIRA VEÍCULOS ANTIGOS

10580082 708023279234831 3307359481454675140 n 24

16832322 1880464562229372 215956671728231469 n

Presidente da FBVA, Roberto Suga viajou a Brasília para uma audiência com autoridades do Departamento de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC.

Na comitiva, (esq. para dir.) o Vice-Presidente Jurídico da FBVA, Fernando Antônio Marques; o antigomobilista Antoniony Lopes Alves da Silva e a Dra. Monica Rodrigues da empresa Barral & M. Jorge Consultoria que elaboraram um documento para reverter a restrição de importação de caminhões, pick-ups, ônibus e demais veículos comerciais de coleção com pelo menos 30 anos.

Presidente Roberto Suga foi pessoalmente defender a liberação da importação destes veículos de coleção.

Fonte: FBVA

08

03 2017

FOTO DA SEMANA

CHEVROLET MONZA SLE

03 2

Parabéns ao proprietário pelo belo Monza.

BOA SEMANA A TODOS!!!

06

03 2017

MEMORIAL AYRTON SENNA

S E N N A   S E M P R E    S E N N A

MAR  O 2017 3

04

03 2017

CONVITE ENCONTRO DE AUTOS ANTIGOS

16938445 235308846878234 7505713587741143811 n

Acontecerá no dia 12 de março de 2017, em Araquari – SC,  o 4º Encontro Cidade de Joinville.

PARTICIPEM!!!

03

03 2017

FBVA – FEDERAÇÃO BRASILEIRA VEÍCULOS ANTIGOS

10580082 708023279234831 3307359481454675140 n 22

16939522 1259045687465918 6532422318504264568 n

Veículos registrados no estado de São Paulo e que ainda possuam a antiga placa amarela com duas letras agora podem ser atualizados para o modelo atual com três letras. O procedimento foi regulamentado pelo Detran-SP graças à parceria técnica entre órgão e a Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA) e pode ser solicitado a qualquer momento pelo proprietário.

“Com essa medida, vários veículos antigos que hoje não podem trafegar nas vias da cidade por não estarem devidamente licenciados poderão ser regularizados, o que representará um aumento da frota antigomobilista nas ruas e nos eventos no estado paulista”, destaca o Presidente da FBVA, Roberto Suga.

Importante ressaltar que o veículo com placa de duas letras terá seu cadastro efetivado pela Coordenadoria do RENAVAM apenas se estiver registrado no Estado de São Paulo e quando houver cadastro ativo ou excluído. Nas demais situações o deferimento dependerá da análise do CRV original e demais documentos.

Para solicitar a atualização no cadastro, são necessários os seguintes documentos:

1. Ficha de requerimento devidamente preenchida e com firma reconhecida por autenticidade;
2. Formulário RENAVAM devidamente preenchido e assinado;
3. CRV original / comprovante de propriedade;
4. Cópia simples do RG, CPF ou CNH e em casos de pessoa jurídica CNPJ e Contrato Social;
5. Cópia simples do comprovante de endereço atualizado (até 3 meses da data de entrada do protocolo)- portaria Detran-SP nº54/2016;
6. Taxa de revistoria paga pelo CPF/CNPJ (original);
7. Laudo de vistoria da unidade do Detran – original (decalque de chassi, motor e 7 fotos nítidas do veiculo da vista frontal, lateral direita e esquerda , traseira , motor, chassi e cambio ) conforme resolução do Contran nº 282/2008;
8. Declaração de motor com firma reconhecida por autenticidade;
9. Procuração / credencial.

Você pode baixar a ficha de requerimento clicando aqui: https://goo.gl/mLMt3o

E o formulário de fotografias você encontra aqui: https://goo.gl/Kx38WU

Fonte: FBVA

01

03 2017

PT CRUISER MANIA

P T   C R U I S E R

34eae67a0ee4a90738d0688070a3d02e

2003 chrysler pt cruiser 11

28

02 2017

FOTO DA SEMANA

FORD ESCORT XR3

33066789 1 1

Parabéns ao proprietário pelo Escort XR3.

BOA SEMANA A TODOS!!!

27

02 2017

FBVA – FEDERAÇÃO BRASILEIRA VEÍCULOS ANTIGOS

10580082 708023279234831 3307359481454675140 n 20

16114659 1218208744882946 2950048920390946704 n

MUSEU EDUARDO MATARAZZO NÃO FECHARÁ AS PORTAS

O “Museu de Armas, Veículos e Máquinas Eduardo André Matarazzo” localizado em Bebedouro, recebeu no último dia 15 de janeiro 2017, antigomobilistas representantes de clubes federados da FBVA na região, que foram demonstrar apoio a preservação do museu e seu acervo. A recepção ficou por conta do Clube Esplendor de Bebedouro, e segundo conversa com o presidente Cristiano Caom, a gestão do museu está passando por uma transição, mas o museu seguramente continuará de portas abertas.

Antigomobilistas de Catanduva, São José do Rio Preto, Barretos, Matão, Ribeirão Preto entre outras cidades da região puderam conferir a reforma realizada no museu e a nova disposição do acervo. Aproveitando o momento, o Presidente Cristiano Caom assinou a ficha de filiação do Clube Esplendor junto a FBVA, dando início assim ao processo de filiação.

“O Museu Eduardo Matarazzo sempre foi referência nacional para os antigomobilistas e saber que ele continuará de portas abertas é uma ótima notícia, desejo sorte e muito sucesso para os gestores nessa nova fase e ao Clube Esplendor que seja bem-vindo na família FBVA, contem conosco para o que for preciso”, destaca o diretor regional da FBVA, José Paulo Parra.

Site do museu: http://www.museueduardoamatarazzo.com.br/

15977635 1218208784882942 4230246204495727622 n

16114298 1218208684882952 3213407704608385278 n

16003283 1218208708216283 199778552610705579 n

15978022 1218208678216286 4918486901083336473 n

16003247 1218208748216279 8953054720483884657 n

16142647 1218208751549612 2910834086928748421 n

* Fonte: FBVA

ESPAÇO VOLKSWAGEN

<center>

21

02 2017

FOTO DA SEMANA

DODGE CHARGER RT

16521657 1052921648187729 1787380321 n

Parabéns ao proprietário pelo belo Charger.

BOA SEMANA A TODOS!!!


20

02 2017

PERDIDOS NO TEMPO

brasilia vermelha chac sto antonio

17

02 2017

ESPAÇO HENRIQUE MORAES – TERESÓPOLIS – RJ

AMOR PELAS LINHAS ANTIGAS. EM 2035 TEREMOS O MESMO AMOR?

INTERROGAÇÕES!

1 25

Depois de tantos anos acompanhando e escrevendo sobre antigomobilismo, confesso que existe uma questão na minha cabeça que ainda não consegui responder, tampouco imaginar. Como antigomobilistas, teremos em 2035 a mesma paixão pelos carros de hoje? Serão considerados carros antigos? Já esbocei aqui um pouco desta questão, mas acho que podemos aprofundar um pouco mais, principalmente levando alguns fatores em consideração.

2 27

3 32

4 28

Hoje, falamos muito sobre carburadores, motores AP, 6cc, V8, quatro marchas, cinco marchas, câmbio na coluna, injeção eletrônica, 12volts, enfim. Certamente que continuaremos falando destes itens, principalmente se levarmos em consideração esta crescente paixão pelos carros antigos, um hobby que está em alta no Brasil. Provavelmente teremos estes carros perpetuados. A questão intrigante é se teremos a mesma paixão em manter os carros de hoje e do futuro. Além destes itens, do que falaremos? Um presente que já é muito longe dos carros de trinta anos atrás, mas um futuro que avança com muito mais “pressa”, no que tange evolução, design e tecnologia. Será que este alto desenvolvimento ajudará ou atrapalhará a guarda das relíquias? Será que o desenho arrojado atrairá os antigomobilistas e público? Se as respostas forem positivas, quais modelos serão os mais cobiçados, mais raros, portanto mais valiosos? Pensando desta forma, quais modelos serão guardados desde já?

11 13

10 11

9 12

12 9

Os carros que hoje consideramos antigos tinham fabricação de seus componentes e partes em larga escala, mas hoje, com as modificações radicais, provavelmente não teremos tantas peças sobressalentes em estoque, o que tornará a guarda destes carros algo muito mais difícil. Será assim? É bem verdade que as peças de hoje são muito mais resistentes, pois os materiais aplicados são estudados e melhorados a cada dia. Hoje, por exemplo, não temos a famosa corrosão das latarias. Temos outro problema muito sério com a modificação dos perfis das lojas, que não mais trabalham com grandes estoques, principalmente levando em consideração a grande quantidade de modelos lançados a cada ano.

Lembro que quando eu tinha 15 anos, apareciam alguns carros que revolucionavam nas suas linhas. Por exemplo, lembro do lançamento do Monza. O modelo Classic era espetacular, revolucionário. Hoje, quando olhamos para um exemplar preservado, achamos charmoso, mas sabemos que suas linhas ficaram para trás, muito por conta do que vemos nos dias atuais. Assim acontece com todos os nossos antigos, mas existe um charme e apelo que nos faz apaixonados. Onde está a explicação deste glamour?

Na verdade, acho que muito da nossa paixão por carros antigos está na dificuldade de possuir, naquela época. Ter era um ato muito difícil e oneroso. Ter uma casa própria, um carro, uma roupa, era para poucos. Chegar a qualquer lugar pilotando seu próprio carro era sinônimo de ser uma pessoa vitoriosa. Alguns exemplares, esportivos, executivos, só eram possuídos por pessoas abonadas. Ouvia-se muito que o doutor fulano possuía o carro tal. Cicrano conseguiu comprar um carro. Beltrano juntou dinheiro muito tempo e conseguiu comprar um carro zero. Era muito difícil, portanto, o enorme valor atribuído ao possuir um carro. Atualmente, temos muitas histórias saudosas daquelas épocas, anos 50, 60, 70, 80 e um pouco dos anos 90. Se olharmos para o início dos anos 2000, veremos que a compra ficou mais fácil, pelo menos mais acessível para todos. Muitos financiamentos, modelos de consórcios, enfim. O povo brasileiro, especificamente, teve maior poder de compra, além da abertura para os carros importados, mexendo muito com a competitividade das montadoras, conseqüentemente, melhorando a oferta.

5 26

6 25

Resumindo, acho muito interessante pensarmos nestes questionamentos. Aquele que tiver as respostas, uma pequena previsão do futuro, por favor, nos responda. Eu, particularmente, não as tenho, mas a curiosidade me maltrata. Não vale responder apenas por adivinhação, precisamos de argumentos que nos levem a tais suposições.

7 20

8 14

Por enquanto, vamos curtindo os antigos, mas curtir os novos e futuros lançamentos também não faz mal. De repente, nossos sentimentos os tornem glamorosos. Acho que sim. Será? Como será? O negócio é chegar até lá e ter as respostas. O meu Deus! Saúde para todos nós. “Quem viver verá!”

SAUDAÇÕES A TODOS!

HENRIQUE MORAES

13

02 2017

FOTO DA SEMANA

VOLKSWAGEN FUSCA 1300

16683098 1055057857974108 363324871 n

Parabéns ao proprietário pelo belo Fusca.

BOA SEMANA A TODOS!!!

12

02 2017

ESTILO VOLKSWAGEN

ESTA COLUNA APRESENTA BELÍSSIMOS MODELOS VOLKSWAGEN, NOS QUAIS, OS DETALHES E ESMERO NO ACABAMENTO FAZEM TODA A DIFERENÇA

1969 – BEETLE CONVERTIBLE

untitled 26

1 24

2 25

3 30

4 27

10 10

5 25

11 12

6 24

9 11

7 19

8 13

12 8

13 5

14 3

11

02 2017

FOTO DA SEMANA

FIAT ELBA

fiat elba historia 503b5aab84c8d

Parabéns ao proprietário pela bela Elba.

BOA SEMANA A TODOS!!!

06

02 2017

MEMORIAL AYRTON SENNA

S E N N A   S E M P R E   S E N N A

FEVEREIRO 2017

04

02 2017

FBVA – FEDERAÇÃO BRASILEIRA VEÍCULOS ANTIGOS

10580082 708023279234831 3307359481454675140 n 21

16114542 1861408067468355 1603679661929011896 n

O Presidente da FBVA, Roberto Suga reuniu-se com Décio Bittencourt da Motor Press Brasil para uma parceria entre as duas instituições.

Fonte: FBVA

03

02 2017

PLACA AMARELA

Domingo 0111 450x337

01

02 2017

PT CRUISER MANIA

P T   C R U I S E R

c2006 007highuse

05PT Cruiser L

30

01 2017

ESPAÇO HENRIQUE MORAES – TERESÓPOLIS – RJ

MAGNÍFICOS “TEMPOS DIFÍCEIS”!

Muito me preocupa a questão do saudosismo, pois tenho a profunda impressão de que algumas pessoas não gostam deste perfil. Saudosista para estes e na concepção da palavra, significa pessoa com gosto exagerado pelo passado. Será que nós, antigomobilistas, somos assim? Eu, por exemplo, não tenho a menor preocupação em viver o passado. Nunca imaginei voltar àqueles tempos. Tempos em que a expectativa de vida era tão baixa.  O brasileiro era reconhecido com desdentado e analfabeto. Então, não quero voltar para o passado, logo, concluo que o Brasil não quer aquele passado.

11 11

Mas, infelizmente estamos entrando em um campo minado que nos remete aos áureos tempos passados, tempos em que perseguíamos a boa educação, a formação do caráter, o sucesso profissional, a formação do ser homem, a honestidade, o bom trabalho, a formação da família, a conquista da casa própria, a independência através de um carro, de locomoção em uma bicicleta inglesa, uma monark ou caloi. Uma simples estada na praia. Tínhamos tanto para conquistar, mas era muito difícil. Primeiro precisávamos respeitar pai e mãe. Depois, para os que tiveram acesso, respeitar os nobres professores. Respeitar os patrões, também nobres empregadores. Respeitar o próximo, o espaço do próximo, os direitos do próximo. Não tínhamos tantas leis, mas tínhamos vergonha. Vergonha de fazer vergonha!

12 7

13 4

Nossos patrimônios eram conquistados com dificuldade, portanto, tanto valor tinha. Valorizávamos os nossos, mas sabíamos da importância dos vossos. O que era alheio não nos pertencia, apenas podíamos admirar e almejar. Ser graduado era motivo de muito orgulho e respeito. Era para admirar e almejar.

Nós não achávamos normal ver corpos decapitados. Quando filhos desacatavam os pais, eram condenados e intitulados de loucos, prontos para o manicômio. Existia corrupção, homicídios, latrocínios, holocausto, ditadura, etc., mas existiam valores e preocupação com a conduta. Existia a cartilha e os ensinamentos para segui-la. Seguir era sinônimo do correto. “Fulano é um sujeito correto!”

14 2

15 2

16 2

Quando tinha aproximadamente oito anos ganhei uma bicicleta Monark Tigrão 72, já de “segunda mão”, ou seja, usada, azul cor do céu. Detalhe que esta bicicleta era para mim e meu irmão. Dividíamos a mesma bicicleta. Passava óleo Singer nas engrenagens e afins, pois ela tinha que durar. Lavávamos e passávamos Bombril nos raios e aros para dar polimento e retirar vestígios de ferrugem. “Pretinho” nos pneus feitos de água e açúcar, pois o famoso Silibril era apenas para os carros do meu pai. Aquela bicicleta era um carro esportivo, pois algumas manobras, escondidas, eram radicais. Coisas de carros velozes e furiosos! Depois vieram as Monaretas. Acho que meu gosto por Veículos Antigos começou por aí. Certamente o início de muitos. Tenho todas as minhas bicicletas guardadas, pois nunca me desfiz. A Tigrão precisa de restauro, pois algumas peças sumiram. Será um próximo projeto. Saudosismo? Exagero? Culto ao passado?

17 1

Hoje, o antigomobilismo tenta em sua verdadeira essência resgatar a nostalgia daqueles tempos. Tempo da paquera, da conquista, do trabalho, da educação e do muito com tão pouco. Era pouco pela escassez de ofertas e de recursos, mas era muito pela necessidade e por querermos apenas a felicidade. A felicidade não está na ganância, na atrocidade, na vaidade, nos cromos, na moeda vil, nos adornos de pescoços e punhos, nas chaves e emblemas dos automóveis. A felicidade é simples, desprovida de impurezas.

18 2

O que sentimos quando homens marginalizados da sociedade são expostos e sepultados aos pedaços, sabendo que alguém se preocupou por este ser por no mínimo dezoito anos? Alguém pariu e amamentou este ser. Alguém foi pai, alguém foi mãe. Muitos estão sofrendo. Que bom? Menos alguns para fazer o mal? Onde começa este mal? Respondo: Na falsa felicidade, buscada a qualquer preço. Este mal começa nos antros da corrupção galopante que assola este Brasil. O preço é alto e pagaremos até mudarmos nossos pensamentos e posturas. Que tempos são estes? Era tão bom subirmos pelos galhos das árvores para pegarmos ameixas e goiabas com bicho! Um gesto simples, mas um grande aprendizado.

19 2

Que vontade de limpar os guardados na garagem. Que vontade de abraçar meus filhos, meus pais, meus verdadeiros amigos. Vou lá, ou melhor, FUI!

SAUDAÇÕES A TODOS!

HENRIQUE MORAES

13

01 2017

MEMORIAL AYRTON SENNA

S E N N A   S E M P R E   S E N N A

JANEIRO 2017

04

01 2017