ESPAÇO HENRIQUE MORAES – TERESÓPOLIS – RJ

MAGNÍFICOS “TEMPOS DIFÍCEIS”!

Muito me preocupa a questão do saudosismo, pois tenho a profunda impressão de que algumas pessoas não gostam deste perfil. Saudosista para estes e na concepção da palavra, significa pessoa com gosto exagerado pelo passado. Será que nós, antigomobilistas, somos assim? Eu, por exemplo, não tenho a menor preocupação em viver o passado. Nunca imaginei voltar àqueles tempos. Tempos em que a expectativa de vida era tão baixa.  O brasileiro era reconhecido com desdentado e analfabeto. Então, não quero voltar para o passado, logo, concluo que o Brasil não quer aquele passado.

11 11

Mas, infelizmente estamos entrando em um campo minado que nos remete aos áureos tempos passados, tempos em que perseguíamos a boa educação, a formação do caráter, o sucesso profissional, a formação do ser homem, a honestidade, o bom trabalho, a formação da família, a conquista da casa própria, a independência através de um carro, de locomoção em uma bicicleta inglesa, uma monark ou caloi. Uma simples estada na praia. Tínhamos tanto para conquistar, mas era muito difícil. Primeiro precisávamos respeitar pai e mãe. Depois, para os que tiveram acesso, respeitar os nobres professores. Respeitar os patrões, também nobres empregadores. Respeitar o próximo, o espaço do próximo, os direitos do próximo. Não tínhamos tantas leis, mas tínhamos vergonha. Vergonha de fazer vergonha!

12 7

13 4

Nossos patrimônios eram conquistados com dificuldade, portanto, tanto valor tinha. Valorizávamos os nossos, mas sabíamos da importância dos vossos. O que era alheio não nos pertencia, apenas podíamos admirar e almejar. Ser graduado era motivo de muito orgulho e respeito. Era para admirar e almejar.

Nós não achávamos normal ver corpos decapitados. Quando filhos desacatavam os pais, eram condenados e intitulados de loucos, prontos para o manicômio. Existia corrupção, homicídios, latrocínios, holocausto, ditadura, etc., mas existiam valores e preocupação com a conduta. Existia a cartilha e os ensinamentos para segui-la. Seguir era sinônimo do correto. “Fulano é um sujeito correto!”

14 2

15 2

16 2

Quando tinha aproximadamente oito anos ganhei uma bicicleta Monark Tigrão 72, já de “segunda mão”, ou seja, usada, azul cor do céu. Detalhe que esta bicicleta era para mim e meu irmão. Dividíamos a mesma bicicleta. Passava óleo Singer nas engrenagens e afins, pois ela tinha que durar. Lavávamos e passávamos Bombril nos raios e aros para dar polimento e retirar vestígios de ferrugem. “Pretinho” nos pneus feitos de água e açúcar, pois o famoso Silibril era apenas para os carros do meu pai. Aquela bicicleta era um carro esportivo, pois algumas manobras, escondidas, eram radicais. Coisas de carros velozes e furiosos! Depois vieram as Monaretas. Acho que meu gosto por Veículos Antigos começou por aí. Certamente o início de muitos. Tenho todas as minhas bicicletas guardadas, pois nunca me desfiz. A Tigrão precisa de restauro, pois algumas peças sumiram. Será um próximo projeto. Saudosismo? Exagero? Culto ao passado?

17 1

Hoje, o antigomobilismo tenta em sua verdadeira essência resgatar a nostalgia daqueles tempos. Tempo da paquera, da conquista, do trabalho, da educação e do muito com tão pouco. Era pouco pela escassez de ofertas e de recursos, mas era muito pela necessidade e por querermos apenas a felicidade. A felicidade não está na ganância, na atrocidade, na vaidade, nos cromos, na moeda vil, nos adornos de pescoços e punhos, nas chaves e emblemas dos automóveis. A felicidade é simples, desprovida de impurezas.

18 2

O que sentimos quando homens marginalizados da sociedade são expostos e sepultados aos pedaços, sabendo que alguém se preocupou por este ser por no mínimo dezoito anos? Alguém pariu e amamentou este ser. Alguém foi pai, alguém foi mãe. Muitos estão sofrendo. Que bom? Menos alguns para fazer o mal? Onde começa este mal? Respondo: Na falsa felicidade, buscada a qualquer preço. Este mal começa nos antros da corrupção galopante que assola este Brasil. O preço é alto e pagaremos até mudarmos nossos pensamentos e posturas. Que tempos são estes? Era tão bom subirmos pelos galhos das árvores para pegarmos ameixas e goiabas com bicho! Um gesto simples, mas um grande aprendizado.

19 2

Que vontade de limpar os guardados na garagem. Que vontade de abraçar meus filhos, meus pais, meus verdadeiros amigos. Vou lá, ou melhor, FUI!

SAUDAÇÕES A TODOS!

HENRIQUE MORAES

13

01 2017

MEMORIAL AYRTON SENNA

S E N N A   S E M P R E   S E N N A

JANEIRO 2017

04

01 2017

PT CRUISER MANIA

P T   C R U I S E R

chrysler pt cruiser historia f 002

Chrysler PT Cruiser Tuning 81

30

12 2016

EQUIPAMENTOS DE ÉPOCA

oskajsajsa

28

12 2016

FOTO DA SEMANA

VOLKSWAGEN GOL COPA

17 zps03cd202f

Parabéns ao proprietário pelo belo Gol.

BOA SEMANA A TODOS!!!

26

12 2016

GARAGEM DO MÁRDEL

F  E  L  I  Z      N  A  T  A  L

NATAL 2016

Desejo a todos amigos, leitores e colaboradores, um Natal repleto de alegrias, amor, luz, paz, sabedoria e realizações, que hoje e sempre possamos refletir o real sentido desta comemoração!

Abraços a todos.

25

12 2016

FBVA – FEDERAÇÃO BRASILEIRA VEÍCULOS ANTIGOS

10580082 708023279234831 3307359481454675140 n 19

15578620 1189245771112577 3136762968047312644 n

Após iniciativa inédita de alguns clubes do Rio Grande do Sul principalmente do Classic Car Club RS , tradicional e um dos mais ativos clubes na realização de rallies para carros antigos no Brasil, 2016 foi um marco para os gaúchos.

O estado realizou a I Copa Gaucha de Rally de Regularidade Historica.

Participaram 155 carros nas 7 etapas e foram aproximadamente 1.700 km nas cidades gauchas de Xangri-la , Porto Alegre , Nova Prata e Bento Goncalves, etapas organizadas pelos clubes anfitrioes Clube Porto Alegre de Rally , Classic Car Club RS, Automóvel Clube de Nova Prata e Veteran Car Club dos Vinhedos.

Conforme o idealizador da I Copa Gaúcha Leonardo Tumelero “A ideia de criar uma Copa entre os clubes no RS é antiga e tomou força com a inclusão da categoria de carros históricos no Rally das Praias, organizado pelo CPR, e da entrada do Rally de Nova Prata no circuito em 2016. Após diversas análises feitas entre os dirigentes dos clubes e com chancela da FBVA para o evento, caracterizado como uma prova de caráter histórico e cultural para carros com mais de 30 anos, foi possível criar a I Copa Gaúcha de Rally Regularidade Histórica com um total de 7 etapas no estado. Tudo isso só foi possível graças ao empenho de todos os clubes e do apoio da FBVA através do atual presidente Roberto Suga e do diretor esportivo no exercício 2016, Leandro Mazzoccato. A participação de 155 carros demonstra que a I Copa Gaúcha veio pra ficar e esperamos manter o mesmo grid para 2017.“

A I Copa Gaúcha de Rally de Regularidade Histórica foi um marco na estória dos rallys de carros antigos. Com organização impecável, criou-se uma competição saudável e que valoriza o patrimônio histórico que é o automóvel clássico. A FBVA parabeniza os organizadores os participantes e os vencedores por esta espetacular disputa. Dezenas de equipes competiram ao longo do ano em 7 provas. Foi um desafio técnico , de habilidade e resistência.” Comenta o Diretor Esportivo da FBVA Marcelo Mantelli.
Roberto Suga Presidente da FBVA “É gratificante acompanhar a paixão especial que os antigomobilistas gaúchos têm pelas competições de regularidade. A iniciativa da Copa Gaúcha de Rally de Regularidade Histórica é muito bem vista pela FBVA e valoriza a preservação mecânica dos veículos históricos com as belas máquinas apresentadas pelos antigomobilistas do estado do Rio Grande do Sul”.

A premiação aconteceu no dia 10/12 junto ao evento anual do Veteran Car Club dos Vinhedos onde compareceram mais de 140 pessoas.

15541899 1189245774445910 8107423416633249327 n 1

15621902 1189245824445905 3706391489059565429 n 1

15542172 1189246434445844 5320364876023118720 n 1

23

12 2016

ESPAÇO VOLKSWAGEN

21

12 2016

FOTO DA SEMANA

VOLKSWAGEN GOL GTS

gol

Parabéns ao proprietário pelo belo Gol.

BOA SEMANA A TODOS!!!

19

12 2016

ESPAÇO HENRIQUE MORAES – TERESÓPOLIS – RJ

UM VERDADEIRO DIVISOR DE ÁGUAS CHAMADO 2016.

3 29

Mais uma vez, graças a Deus, nos encontramos aqui, anunciando e agradecendo por mais um ano de muita luta, mas certamente de vitórias. 2016 foi um ano muito duro para o Brasil, principalmente por estarmos atravessando uma crise de enormes proporções nos mais variados setores. Contabilizamos e, infelizmente, nos deparamos com péssimas gestões políticas, sendo nos âmbitos municipais, estaduais e federais. Muitas instituições que, deveras pareciam sãs, explodiram e colocaram expostos os péssimos resultados de tantos anos de “podridão”. Os nossos sistemas político, econômico, tributário, educacional, previdenciário, de saúde, de segurança, estão cobertos de lama, enfim, um tsunami de esgoto invadiu os nossos alicerces.

E o antigomobilismo, onde está afetado? Está afetado?

Sim, claro! O antigomobilismo não vive apenas dos carros guardados em maravilhosas garagens. Existe todo um circo que sobrevive do antigomobilismo. Carro antigo é um investimento como outros vários. Não estamos falando de mensuração de valor emocional, pois como dito anteriormente, em texto passado, este valor não se pode medir. Ele está nos corações dos apaixonados. O valor real, monetariamente importante para quem investe em carros antigos, começa a cair. A queda se dá pela lei econômica da oferta e demanda. Devido a grande crise financeira, muitos colecionadores estão colocando suas relíquias à venda. Como a demanda está ficando baixa, logicamente, temos a queda nos valores. Outro ponto importante são os eventos, exposições de carros antigos, que são verdadeiras vitrines para o engrandecimento do hobby e servem como mostras e, consequentemente, valorização dos carros, do investimento.

5 24

Com a crise, os eventos estão passando por dificuldades extremas, pois a essencial obtenção de patrocínios cai muito, praticamente ficando rara. O Poder Público, que geralmente é parceiro, por conta dos seus problemas, com raras exceções, não está apoiando. Desta forma, está muito difícil promover eventos. Os custos são altos, a infraestrutura exigida para tal é muito grande, portanto, necessitando de aportes significativos. Podemos dizer também que existe a dificuldade por parte dos expositores, pois comparecer aos eventos tem também consideráveis custos.

Mas, como sempre, o Brasil terá que se reinventar, pois pagar esta conta, este verdadeiro “rombo”, deixado sobre as nossas mesas, nossas empresas, nossas vidas, estará por nossa conta mesmo. Sempre foi e será desta forma. Alguém erra, desgoverna, corrompe e nós, o povo trabalhador, sejamos ativos ou aposentados, pagaremos com nosso pesado suor.

O Brasil não é esta porcaria, cujas imagens são veiculadas para todo o mundo. Não somos um País de corruptos, inescrupulosos, vagabundos, aproveitadores, sem vergonhas. Somos um Brasil de trabalhadores, honestos, vibrantes, carismáticos, um País de brasileiros. Esta raça, que não pode ser chamada de brasileira, que por aqui se instalou, se locupletando do dinheiro alheio, amealhando suas riquezas à custa destes trabalhadores, precisa ser dizimada, presa, marginalizada, colocada nos calabouços que ela mesma construiu, na tentativa letal de aniquilar o povo. O Brasil pede justiça, clama por reformas tributárias, políticas e morais. Não há mais cabimento, tampouco paciência para tantos desmandos.

4 26

Nós, que nos dizemos antigomobilistas não podemos acatar e alimentar estes corruptos. Chega de eventos “beija mão”. Eventos que para acontecerem, precisam da benção, literalmente da compra de votos por parte dos políticos e seus capatazes. O setor privado está atravessando esta forte crise, mas ainda existem muitas empresas sérias, muitas pequenas empresas que podem e devem colaborar, patrocinando tais eventos. Como disse acima, é hora de nos reinventarmos, ultrapassarmos e vencermos esta crise e, certamente, com uma flecha certeira, passarmos o Brasil a limpo. Recomeçarmos e reconhecermos nossos valores. Tivemos muitas pragas ao longo de milhares de anos, mas reconhecidamente, hoje, temos pragas inseridas em nossas sociedades. Pragas que muitos denominam como homens, mas que denomino apenas como escória. Vida longa a todos os corruptos, mas que vistam seus uniformes e que trabalhem duro nos campos, nas lavouras, “arando” com suas correntes e bolas de ferro. Justiça, divina justiça!

6 23

1 23

Que o antigomobilismo sobreviva de forma digna e ajude cada vez mais na transformação e engrandecimento das pessoas, através da sua essência, do seu vínculo com a beleza e saudosismo. Muitas saudades daquele tempo! Mas estamos aqui, soldados como sempre fomos e seremos. Esta missão está dada e, parafraseando as Forças Armadas, “Missão dada é missão cumprida”.

2 24

Desejo de coração a todos os amigos antigomobilistas e demais brasileiros, trabalhadores honestos deste Brasil, um FELIZ NATAL e um ano de 2017 repleto de realizações, saúde e paz.

SAUDAÇÕES A TODOS!

HENRIQUE MORAES

13

12 2016

FOTO DA SEMANA

CHEVROLET MONZA SLE

Monza sle 1990

Parabéns ao proprietário pelo belo Monza.

BOA SEMANA A TODOS!!!

12

12 2016

ESTILO VOLKSWAGEN

ESTA COLUNA APRESENTA BELÍSSIMOS MODELOS VOLKSWAGEN, NOS QUAIS, OS DETALHES E ESMERO NO ACABAMENTO FAZEM TODA A DIFERENÇA

1967 – VW CONVERTIBLE

jlg67002 1

jlg67108 2

jlg67090

jlg67004 1

jlg67010 1

jlg67017 1

jlg67051

jlg67027

jlg67062

jlg67065 1

jlg67076

jlg67063

jlg67049

jlg67029

jlg67107

jlg67106

11

12 2016

PLACA AMARELA

dart74john 6

09

12 2016

CONVITE ENCONTRO DE AUTOS ANTIGOS

11 DEZ 16

Acontecerá no dia 11 de dezembro de 2016, na Farroupilha – RS,  o Encontro Clássicos e Antigos,.

PARTICIPEM!!!

07

12 2016

FOTO DA SEMANA

FIAT PANORAMA

panorama perfil

Parabéns ao proprietário pela bela Panorama.

BOA SEMANA A TODOS!!!

05

12 2016

MEMORIAL AYRTON SENNA

S E N N A   S E M P R E   S E N N A

DEZEMBRO 16

04

12 2016

CONVITE ENCONTRO DE AUTOS ANTIGOS

15171109 1164704280233393 8146089003892267590 n

Acontecerá entre os  dias  09, 10 e 11 de dezembro de 2016, na Cidade de Maricá – RJ,  1ª Expo de Carros Antigos.

PARTICIPEM!!!

02

12 2016

PT CRUISER MANIA

P T  C R U I S E R

26251d1138213189 agp turbo pt cruiser shop car sale for

pt cruiser chrysler

30

11 2016

PLACA AMARELA

m151 peca placa amarela antiga rat look decoraco parana

23

11 2016

ESPAÇO VOLKSWAGEN

21

11 2016

FOTO DA SEMANA

FIAT UNO 1.6 R

Uno 1 6 R MPI 1994  1

Parabéns ao proprietário pelo belo Uno.

BOA SEMANA A TODOS!!!

20

11 2016

EQUIPAMENTOS DE ÉPOCA

 mml

17

11 2016

O AUTO E VOCÊ

BLOG GARAGEM DO MÁRDEL PERGUNTA

AO AMIGO

Nome: Wanderley Marques

Idade: 66 anos

Naturalidade :Rio de Janeiro - RJ

Onde Reside: Goiânia – GO

Profissão: Empresário

4 25

1- BGM – Qual é o seu carro antigo preferido?

O meu carro antigo preferido é o meu velho e bonito Oldsmobile, vermelho cereja, conversível, 1962.

2- BGM – Quando criança, qual era sua relação com o carro?

Nenhuma, via só de longe, família pobre, que tinha somente uma bicicleta para meu pai ir para o trabalho.

3- BGM – Qual carro mais marcou sua infância, adolescência e juventude?

Na minha infância, ficava a observar os carros de longe, e sonhando em um dia ter um, e pensava que a única chance que eu tinha de um dia ter meu carro, seria estudando e formando em uma universidade.

4-BGM – Com que idade aprendeu a dirigir, qual carro e de quem era?

Comecei a dirigir com 20 anos de idade, em uma Rural Willis, com câmbio na coluna.

5- BGM – Qual foi seu primeiro carro, que idade tinha? Fale um pouco dele.

Meu primeiro carro foi um Fusca, ano 1967, na cor branco lótus. Em 1970, havia acabado de me formar como técnico mecânico, pela Escola Técnica Federal do Rio de Janeiro, arrumei um estágio numa grande empresa de mineração no Amapá, terminado o estágio, fui contratado e com o primeiro salário, realizei um sonho de menino pobre. Comprei meu primeiro carro.

Botei sonsão no fusquinha, rodas tala larga, bancos reclináveis, escapamento Kadron, pintei faixas pretas no capô e portas e faturava as namoradas de montão . Transformei o fusquinha em boate móvel e motel, era pau pra toda obra.

6- BGM – Conte algum fato a bordo de um carro que marcou sua vida.

Vim do Rio de Janeiro pra Goiânia em agosto de 1975, dirigindo meu SP2, azul metálico, 1974, com motor 1800.

Rapaz nessa época a praça Tamandaré era o Point dos Jovens e o SP2, fez muito sucesso com a mulherada e eu fui me aproveitando do momento maravilhoso que o carro me proporcionava.

Em 1976, paquerando, por Goiânia, abordo do meu carrão, conheci a Vera que hoje é minha esposa, que logo ao entrar no SP2, e sentar,  que na verdade era deitar no banco do carona, observou que ali não tinha escapatória, havia ali uma grande oportunidade daquela paquera terminar em casamento. “não deu outra” estamos casados há 34 anos!

Adiei o casamento o quanto pude até  1982, porque eu fui logo falando que casamento, só depois que eu terminar a faculdade a qual eu ainda ia fazer o Vestibular. Fiz o vestibular para o curso de Administração de Empresas e comecei a faculdade em 1977, e formei em 1981.

7- BGM – Que carro atual de uso diário você tem e o que acha dele?

O carro que uso  no meu dia a dia é um Jaguar X Type, 2004.

Sempre gostei dos carros diferentes, aqueles carros que só poucos possuem, mas o meu Jaguar faz sucesso por onde passa.

8- BGM – Como vê o movimento do Antigomobilismo no Brasil?

O antigomobilismo, cresce exponencialmente, no mundo inteiro e em Goiás a coisa tá crescendo muito, basta dizer que atualmente , até as cidades do interior  já tem Clubes de Carros Antigos e Fazem encontros mensais.

9- BGM – Participa de algum clube de veiculo antigo? Fale um pouco dele

Participo da diretoria do CVAGO (Clube do Veículo Antigo de Goiás), e procuro ajudar com meu trabalho e também com patrocínio de eventos, através de minha empresa Locamáquinas.

Costumo ir com minha esposa nos encontros de São Paulo e, lá nos divertimos muito nas festas, nos bailes, nos bares e nos encontros sociais.

10- BGM – Deixe uma mensagem aos amigos antigomobilistas e leitores deste Blog!

Acho que todos deveriam ter um Carro Antigo pois além de preservação da história do automóvel este mesmo automóvel,  É UMA MÁQUINA DE FAZER AMIGOS” Venham descobrir este mundo maravilhoso do ANTIGOMOBILSMO ou AMIGOMOBILISMO!!!

ABAIXO  FOTOS DOS CARROS DO WANDERLEY

1 22

2 23

3 27

15

11 2016

ESPAÇO HENRIQUE MORAES – TERESÓPOLIS – RJ

PERÍCIA, TALENTO, TREINAMENTO, INACREDITÁVEL NA ÉPOCA.

6 22

Show Volkswagen. Equipe Steves. Quem se lembra? Lembro-me de ter assistido pelo menos umas quatro vezes aqui na minha cidade. Anos 80, eu ainda era uma criança e, na época, a nossa Av. J.J. de Araújo Regadas, parque Regadas, era palco de quase todos os acontecimentos importantes da cidade. Desfile cívico, desfile de carnaval, shows gratuitos, enfim, quase todo entretenimento que era para o povo acontecia neste local.

A famosa Equipe Steves é antiga, acredito que em ação desde a década de 70, reconhecida ao longo destes anos por suas manobras radicais, pelos serviços prestados para televisão e cinema brasileiro. Naquela época, as cenas de capotamento, “pegas”, eram muito difíceis, pois não tínhamos a atual tecnologia para os efeitos especiais que temos hoje. Então, entrava em cena a Equipe Steves com toda sua destreza. Muitas cenas de filmes, novelas, seriados, dentre outros, foram criadas e executadas pelos Steves.

5 22

A Volkswagen com seus nacionais tinha uma apresentação que percorria todo o Brasil. Show Volkswagen! Vejam nos detalhes das fotos que, inclusive, não tínhamos estrutura, nem preocupação e conhecimento sobre os aspectos da segurança. O público ficava vulnerável. Estes eventos jamais aconteceriam desta forma nos dias de hoje. Eram outros tempos e, certamente, eram tomadas todas as medidas e precauções das legislações vigentes. Era a Volkswagen, a maior fabricante e vendedora de carros no Brasil. Voltando ao assunto do show, tínhamos apresentação com diversos modelos da marca, Passat, Gol, Santana, Parati, Voyage, enfim. Os carros eram posicionados no início da Avenida. Começavam com arrancadas e “cavalos de pau” no final da reta e, incrivelmente, já terminavam a manobra com a primeira engatada, fritando pneus dianteiros, e continuavam pela reta. Os pneus riscavam o asfalto. Muita fumaça, barulho e adrenalina. Olhos vidrados! De repente uma pequena rampa, apenas de um lado e, magicamente, o carro estava sobre apenas duas rodas,com uma superfície de contato de apenas, sei lá, dois centímetros por roda. Pior, faziam voltas e curvas deste modo. Depois, não satisfeitos, o carona da equipe saia pela janela, e ficava de pé com os pés entre porta e teto, ora com a bandeira do Brasil, ora com a da Volkswagen. Paravam, pegavam algum espectador e levavam de carona, para os “cavalos de pau” e para andar sobre duas rodas. Era engraçado ver a fisionomia tensa e a tentativa de permanecer ereto sobre o banco do carona. Pobres coitados, felizes pela aventura. Gostaria de ter ido! Logo depois começavam com mais carros rodando e radicalizando na “pista”. Carros que rodavam simultaneamente de forma muito sincronizada, parando um de frente para o outro. Parecia o ápice, mas nunca era. Cada manobra era superior a anterior. Não satisfeitos, colocavam um louco membro da equipe, me perdoem o termo, afivelado paralelamente ao para-choque dianteiro de um dos carros. Saíam com dois carros, sendo um deles com o tal louco que de repente tomava a frente e fazia o “cavalo de pau”, aguardando o outro carro que se aproximava em alta velocidade, parando frente a frente, centímetros do esmagamento do corajoso. Manobra homem para-choque. Por fim, faziam as manobras com os saltos sobre rampas, finalizando com um salto incrível, rasgando uma cortina de fogo. Eu não acreditava! Como carros de tonelada, tantas peças e equipamentos, ditos originais, feitos para rodar “naturalmente”, suportavam aqueles percalços que eram submetidos? Era o marketing da venda em ação, hoje eu entendo. Carros normais, pessoas “normais”, ruas normais, motivando e aguçando sonhos. “Embora não deva, seu carro pode fazer”.

1 21

2 22

3 26

4 24

untitled 25

Pelo que sei, ainda temos a Equipe Steves, agora com uma nova geração, hoje sob o comando do João Paulo Steves, filho do idealizador, senhor Steves. Infelizmente não temos muita coisa atualizada na internet sobre a equipe e o endereço eletrônico informado não abriu. Portanto, maiores informações sobre esta equipe e prováveis trabalhos, somente através de competentes pesquisas ou demais fontes.

Assim, mais uma vez, tento através de poucas palavras e de outro saudoso exemplo, explicar a formação desta paixão que nos percorre e motiva. São estas lembranças amáveis e cristalinas que nos fazem amantes do antigomobilismo. O antigomobilista procura preservar a memória dos automóveis através da sua própria história. Era simples, mas muito puro e latente. Tínhamos pouco, mas dávamos muito valor. Vamos valorizar o que somos, temos e fazemos! Principalmente o bem que fazemos.

SAUDAÇÕES A TODOS!

HENRIQUE MORAES

13

11 2016

ESTILO VOLKSWAGEN

ESTA COLUNA APRESENTA BELÍSSIMOS MODELOS VOLKSWAGEN, NOS QUAIS, OS DETALHES E ESMERO NO ACABAMENTO FAZEM TODA A DIFERENÇA

1963 – 23 WINDOW DELUXE

mrrocky001

mrrocky010

mrrocky005

mrrocky018

mrrocky022

mrrocky023

mrrocky083

mrrocky085

mrrocky087

mrrocky089

mrrocky025

mrrocky048

mrrocky051

mrrocky052

mrrocky054

mrrocky041

mrrocky081

mrrocky076

mrrocky056

11

11 2016

FBVA – FEDERAÇÃO BRASILEIRA VEÍCULOS ANTIGOS

10580082 708023279234831 3307359481454675140 n 17

14956451 1146083035428851 7405698041764264527 n

Espaço dos Sonhos do passado  no 29º Salão Internacional do Automóvel em São Paulo, visite este espaço criado pela FBVA especialmente para os amantes do Antigomobilismo!

09

11 2016

FOTO DA SEMANA

FIAT 147

L

Parabéns ao proprietário pelo belo Fiat 147.

BOA SEMANA A TODOS!!!

07

11 2016

MEMORIAL AYRTON SENNA

S E N N A   S E M P R E   S E N N A

297730 654460 ias release

Ficou curioso para saber o que tem dentro do Ayrton Senna Concept Box, né? Aqui vai um gostinho, em primeira mão, do que você poderá conferir de perto no Salão do Automóvel! Não deixe de passar pelo nosso espaço, produzido pela Truckvan, que ficará no evento de 10 a 20/11. Para saber mais, visite: http://www.salaodoautomovel.com.br/ #SennaSempre

04

11 2016

EQUIPAMENTOS DE ÉPOCA

ljnj

03

11 2016

CONVITE ENCONTRO DE AUTOS ANTIGOS

14263978 1090888937614928 5515730008170454397 n

Acontecerá entre os  dias  02, 03 e 04 de dezembro de 2016, na Cidade de Águas de Lindóia – SP,  o Confraternização de Final de Ano, 2016,  do Clube do Chevrolet.

PARTICIPEM!!!

01

11 2016